Secovi Rio na mídia: Pesquisa revela que 2.759 unidades foram negociadas em fevereiro no Rio

  • Por Secovi Rio -


Levantamento do Centro de Pesquisas e Análise da Informação do Secovi Rio (Cepai) revela que em fevereiro 2.759 imóveis residenciais foram negociados na cidade do Rio. A análise foi feita levando em consideração o mês entre os anos de 2011 e 2021. Segundo o sindicato, o montante é positivo e o resultado é superior aos números registrados entre 2015 e 2020, trazendo um panorama de otimismo para quem deseja vender casas ou apartamentos nos próximos meses. Para se ter ideia, o total contabilizado em fevereiro de 2011 foi de 4.312 negociações, o maior registro até os dias de hoje para esta época do ano.

Assim como aconteceu no relatório de janeiro de 2021, a Barra da Tijuca permanece sendo o bairro mais procurado para esse tipo de transação, seguido de Recreio dos Bandeirantes, Jacarepaguá, Copacabana e Tijuca. A região da Barra registrou 297 negociações residenciais em fevereiro.

Imóveis comerciais têm leve melhora

O estudo do Cepai também apresenta dados sobre as vendas de imóveis comerciais. Foram 404 negociações em fevereiro contra 374 no mesmo período de 2020, comprovando uma melhora em relação a fevereiro de 2020 e a janeiro deste ano (que foi considerado o pior da última década para negociações comerciais). Para o Secovi Rio, esse desempenho traz para o mercado uma sensação de estabilidade e boas perspectivas para o pós-pandemia. A Barra da Tijuca e o Centro foram os bairros mais buscados para salas e outros imóveis deste tipo.

*Fonte: matéria divulgada no Panorama Imobiliário/Jornal O Dia