Secovi Rio debate a recuperação do Centro com prefeitura e sociedade civil

  • Por Secovi Rio -


O Secovi Rio segue firme no propósito de apoiar e buscar soluções que fortaleçam a recuperação social, econômica e urbanística do Centro da cidade, a fim de estimular o desenvolvimento do mercado imobiliário na região. Na última segunda-feira (8), o secretário municipal de Planejamento Urbano, Washington Fajardo, esteve no Sindicato para apresentar à sociedade civil os passos iniciais do Projeto Reviver Centro, que prevê uma série de iniciativas para melhorar as condições de um dos principais espaços urbanos do país.

Ronaldo Coelho Neto, vice-presidente Administrativo e Financeiro do Secovi Rio, destacou que a iniciativa do Reviver Centro está totalmente alinhada com a missão do Sindicato para ampliar as perspectivas de crescimento dos condomínios e das empresas do setor imobiliário na cidade. O evento também contou com a participação de representantes da Associação Brasileira das Administradoras de Imóveis – Abadi, da Câmara Comunitária Municipal de Segurança do Rio de Janeiro, integrantes de órgãos de Segurança Pública, representantes de grandes edifícios comerciais, além de empresários e investidores, de síndicos e moradores da região.

Após apresentar as propostas do projeto Reviver Centro, Washington Fajardo ouviu as sugestões dos participantes. Na ocasião, moradores e empresários da região central do município mostraram-se otimistas com o plano de revitalização. Eles destacaram as medidas emergenciais para ampliar a segurança e a conservação das ruas do centro, dois pontos essenciais para melhorar a qualidade de vida no local, atrair investidores e estimular a criação de novos empreendimentos na região.

“É inconcebível que uma área com aeroporto, diversas opções de transporte na porta e praças históricas como opção de lazer fique totalmente deserta à noite e nos fins de semana, se tornando cada vez mais insegura. O Centro, ainda hoje, é o local que mais gera empregos no Rio e precisa se manter vivo. Por isso, temos que mudar a percepção e agir. Não podemos fechar os olhos para o esquecimento que o Centro vive. A região tem condições favoráveis para ser referência de espaço urbano e não pode ser apenas um bairro no qual as pessoas vão trabalhar”, destacou Fajardo.

O Secovi Rio e a Secretaria Municipal de Planejamento Urbano já estão se mobilizando para novos encontros a fim de contribuir em todas as etapas do Reviver Centro.

Prefeitura quer ouvir propostas para o Centro

Para entender necessidades prioritárias relacionadas à revitalização do Centro, a Secretaria Municipal de Planejamento Urbano criou uma pesquisa. O objetivo é ouvir ideias de moradores, comerciantes, empresários e pessoas interessadas no plano urbano Reviver Centro.

Basta acessar o link: prefeitura.rio/revivercentro e enviar sugestões.