Síndica promove revolução sustentável em seu condomínio

  • Por Secovi Rio -


Elaine Graziela é uma engenheira com atuação nas áreas de qualidade, segurança do trabalho e meio ambiente. Morando há quatro anos no Condomínio Morada Alto do Imbuí (MAI), em Salvador, na Bahia, ela, que já era conselheira fiscal do condomínio, decidiu, em março de 2016, topar o desafio de se tornar síndica do edifício.

Com 394 unidades, duas torres e cerca de 1.400 moradores, o prédio não tinha ações sustentáveis em seu histórico, ao contrário de Elaine, que sempre atuou na área e colocava em prática pequenas atitudes em sua casa. “Já fazia a separação de materiais, como plásticos, baterias, óleo e lâmpadas, e os entregava nos postos de coleta. Utilizo também sacolas sustentáveis para colocar materiais comprados. Profissionalmente, já ministrei palestras sobre o assunto e desenvolvi soluções sustentáveis para empresas”, diz Elaine.

om essa experiência e motivação, não faltaram ideias para serem colocadas em prática. A primeira iniciativa da síndica foi criar uma Estação de Reciclagem. Depois de adaptar uma sala da casa de lixo para receber os resíduos descartados pelos moradores, ela fechou parceria com o Projeto Vale Luz, promovido pela Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia. A Coelba oferece descontos na conta de luz em troca do recolhimento dos materiais recicláveis por cooperativas cadastradas.

Quer saber mais sobre a gestão desta incrível síndica? Veja no blog Condomínios Verdes, do Secovi Rio!