Para 50% dos brasileiros, localização é prioridade ao alugar um imóvel

  • Por Secovi Rio -


Assim como os mexicanos e equatorianos, para metade dos brasileiros a localização é o principal fator considerado na hora de alugar um imóvel. O dado vem de um estudo feito pelos portais Imovelweb e Wimoveis, e tem como proposta identificar as percepções do consumidor brasileiro.

O Grupo Navent também realizou a pesquisa em outros quatro países da América Latina: México, Peru, Equador e Panamá. Além da localização, 20% dos brasileiros consideram principalmente os gastos e 10% o preço da residência.

A mesma pesquisa mostra que o Brasil é o país no qual mais pessoas aceitariam dividir a moradia para poupar recursos e diminuir gastos, cerca de 67% enquanto nos outros país o número beira os 30%. No Equador, inclusive, a rejeição de dividir o imóvel chega a 85%.

Do mesmo modo, os brasileiros estão mais propensos a reformar um imóvel alugado (100% das respostas foram positivas). Nos outros países, a porcentagem não chega a 40%.

O aluguel de apartamentos, no entanto, está mais presente nos outros países. 72% dos peruanos responderam já ter alugado um apartamento, enquanto que no Brasil esse número cai para apenas 30%.

O levantamento também revelou que 87% dos brasileiros já tiveram animais de estimação em casa, em sua maioria cachorros. No entanto, 37% teve dificuldade para encontrar locais com filosofia pet friendly. Esta é a menor taxa: no Equador e no México, a porcentagem de pessoas que tiveram dificuldade em residências locais que aceitassem animais chegou a 73%.

Fonte: InfoMoney, Mariangela Castro, Imóveis, 2/01/2019