É possível ser eficiente energeticamente sem perder o conforto?

  • Por Secovi Rio -


Atualmente, existe um assunto que circula em todos os setores e segmentos do Brasil: energia elétrica, ou melhor, como tornar tudo o mais eficiente energeticamente. Diante do cenário energético do país, a preocupação com um possível desabastecimento e a realidade do aumento do seu preço fizeram com que novas tecnologias se tornassem mais atrativas e novos hábitos fossem adquiridos.

A Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Conservação de Energia (Abesco) estima que, somente com desperdício de energia elétrica por ineficiências, o Brasil gaste 4.600MW, valor equivalente a uma usina de Belo Monte. Além disso, de acordo com o Balanço Energético Nacional 2015 (BEN), aproximadamente 50% da energia do país é consumida por prédios, sendo que cada prédio consome em média 48% da energia elétrica com ar condicionado, segundo o Ministério de Minas e Energia. Diante de números tão expressivos, é necessário dar grande peso à eficiência energética desses sistemas, sem esquecer a necessidade de conforto e a necessidade de climatização dos ambientes.

Quer saber mais sobre o assunto? Acesse o blog Condomínios Verdes, do Secovi Rio.