Todo cuidado é pouco na hora de viajar e deixar imóvel sem ninguém

  • Por Secovi Rio -


Quem planeja viajar durante o período de férias escolares e pretende deixar a casa sem ninguém deve ficar atento a alguns cuidados em relação à segurança da residência. Os imóveis podem se tornar um alvo fácil para invasores. Por isso, é importante o morador se precaver a fim de evitar problemas dentro de casa.

Para o professor do curso de Segurança Predial do Secovi-Rio, o facilitador Thiago Goethnauer, o morador não deve demonstrar sinais de ausência ou abandono da residência. “O problema é que o invasor vê nesse período uma oportunidade de furto. Por isso, a residência não pode parecer que está desocupado”.

Existem as orientações óbvias: trancar portas e janelas, fechar os registros de água e gás e desligar o quadro geral de luz. No entanto, o Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP) recomenda outras: deixar a chave e um telefone de contato com um parente ou amigo, de preferência que não more no local, e também avisar algum vizinho sobre a ausência momentânea da família, pois ele poderá ficar atento a alguma movimentação irregular na residência.

Além disso, é importante não acumular sujeira, jornais e revistas na porta de casa e evitar luzes acesas durante 24 horas. Deve-se pedir para as correspondências serem entregues na portaria do condomínio. Por fim, o sindicato também avalia que o morador não deve informar a data de retorno aos funcionários do condomínio.

(Fonte: O Dia)