Valorização imobiliária chegou a 13% na Região dos Lagos no último ano

  • Por Secovi Rio -


Em cidades como Araruama, Arraial do Cabo e Saquarema, que têm caído no gosto de quem deseja comprar ou alugar, os preços refletem essa demanda: valorização que chega a 11% para apartamentos e 13% para casas. No Rio, a variação nos preços de venda no mesmo período foi negativa: -7%.

Formada por sete municípios que compreendem mais de 100 quilômetros de litoral, a Região dos Lagos pode ser considerada um sucesso imobiliário, seja na ocupação sazonal ou permanente. Com belezas naturais que encantam turistas de todo o País e do mundo, a região tem atraído também moradores fixos fugindo da violência dos grandes centros urbanos. Além da tranquilidade e das praias, o preço compensa: o valor médio do metro quadrado de apartamentos e casas chega a ser 60% mais barato em que os praticados na capital fluminense.

O Cenário do Mercado Imobiliário de Cabo Frio, que faz um acompanhamento dos preços de venda de apartamentos e casas não apenas na cidade mais famosa da região mas também em municípios vizinhos, revela resultados animadores para quem planeja comprar ou alugar: os preço médio dos apartamentos caiu 1%, enquanto em 2017 apurou-se valorização de 2% de maio de 2017 a maio de 2018. No bairro mais caro, Praia do Forte, o valor do metro quadrado é de R$ 10.051, próximo ao que se pratica em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio.

Quer conhecer os números em primeira mão? Participe do evento de apresentação do Cenário do Mercado Imobiliário do Cabo Frio 2018, que conta com o patrocínio do Bradesco.

INSCREVA-SE AQUI.

Quando? 13 de junho
Onde?
Hotel Paradiso CorporateAv. Teixeira e Souza, 2011 – Braga, Cabo Frio
Horário: 18h30 às 21h
*Ingresso Social: 2 kg de alimentos não perecíveis que serão doados para o Lar da cidinha

Programação
18h30   Credenciamento e café de boas-vindas
19h        Abertura
21h        Encerramento

Patrocínio:

Bradesco