Condomínios do Centro do Rio investem em segurança

  • Por Secovi Rio -


Um dos destaques na paisagem urbana do Centro, o Edifício Linneo de Paula Machado (ELPM), com 41 andares, na Avenida Almirante Barroso, foi um dos que aderiram ao Luz Azul, projeto do Secovi Rio em parceria com a empresa de tecnologia Venses, que consiste na instalação de câmeras de vigilância ultramodernas identificadas com uma luz azul. As imagens em alta definição ficarão armazenadas na nuvem e compartilhadas, em tempo real, com as autoridades da área de segurança pública.

O foco do Luz Azul, em uma primeira fase, apenas os prédios residenciais e comerciais do Centro. O ELPM, onde fica a sede do Secovi Rio, já possuía 240 câmeras em suas áreas internas e externas, mas alugou três novas unidades para servir ao projeto. O acompanhamento dessas imagens pela polícia poderá auxiliar em possíveis investigações, registros de ocorrências e no aumento da sensação de segurança.

Administrador do ELPM, Fernando Kalache revela que o custo com o aluguel não chega a R$ 1 mil por mês. “Pelo tamanho do condomínio (32 empresas ocupantes), é irrisório. Acreditamos que a adesão ao projeto traga maior sensação de segurança e a certeza para os usuários de que crimes realizados no nosso entorno serão filmados, investigados e punidos”, espera Kalache.

Ele acrescenta que o condomínio já conta com uma equipe de seguranças que trabalham 24 horas por dia, sem falar no aparato que inclui porta eclusa blindada, rádios comunicadores, botão de pânico, sala de controle 24 horas por dia e 240 câmeras internas e externas. O custo mensal com todos esses itens gira em torno de R$ 60 mil.

“O ELPM já participa ativamente do Conselho Comunitário de Segurança Pública do Centro Histórico e da Lapa há três anos. Desde então defendemos que não basta ao condomínio e ao particular de modo geral investir apenas em segurança interna e não trabalhar com o poder público em seu entorno. O Luz Azul é de fundamental importância para as polícias e condomínios do Centro”, completa o administrador.

Além do ELPM, o Condomínio do Edifício Avenida Central (Ceac), na Avenida Rio Branco, e o Condomínio do Edifício Rodolpho de Paoli, na Avenida Nilo Peçanha, também aderiram ao Luz Azul.

Quer saber mais sobre o Luz Azul?

Veja aqui como tornar o seu condomínio um local mais seguro!