Secovi Rio no combate ao coronavírus: recomendações de educação para a quarentena

  • Por Secovi Rio -


Com a suspensão das aulas nas instituições de ensino de diversos estados, incluindo na UniSecovi Rio, para combater a proliferação do coronavírus no país, muitos estudantes se viram diante de um grande desafio: como manter a rotina de estudos longe das salas de aula?

A boa notícia é que, graças à tecnologia, é possível continuar buscando conhecimento. O Secovi Rio elaborou uma lista com algumas recomendações para quem quer estudar durante a quarentena. Confira!

1- O período de isolamento não deve ser entendido como um momento de férias para os estudantes, seja qual for a idade deles. É fundamental buscar conteúdo de qualidade na internet, fazer cursos online e manter contato com os professores por e-mail, telefone ou Whatsapp.

2- A regra é: não fique parado. Se você não quer ou não pode fazer um curso online, vale a pena usar o tempo em casa para ler novos livros ou produzir artigos dentro do seu ramo de atuação.

3- Outra dica é usar as redes sociais a seu favor. Muitos professores e especialistas estão disponibilizando vídeos e transmissões ao vivo para o público sobre diversos temas. A equipe da UniSecovi Rio tem usado as redes sociais do Secovi Rio para postar  vídeos sobre o segmento imobiliário toda semana.

4- Para quem tem crianças em casa, a regra é a mesma. É importante que os pais continuem incentivando a leitura e a realização de atividades didáticas. Vale usar a internet para buscar dicas e sugestões de outros pais.

5- O site da Fundação Getúlio Vargas tem mais de 50 opções de cursos gratuitos com carga horária de cinco a 15 horas. Os conteúdos englobam gestão, estratégia de negócios, marketing, finanças e áreas correlatas.

6- A Universidade de São Paulo  oferece 16 cursos online gratuitos. Após a conclusão das aulas, os alunos podem solicitar o certificado, que é pago separadamente.

7- O Senai também conta com mais de 15 cursos grátis sobre temas como finanças, comunicação empresarial e empreendedorismo. Ao final, os alunos também têm direito ao certificado de conclusão.

8- O Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) oferece mais de 100 cursos em áreas como empreendedorismo, mercado e vendas, gestão de pessoas e legislação. A carga horária das aulas varia de 2 a 40 horas e também é possível emitir um certificado de participação.

9- A Universidade de Harvard oferece centenas de cursos online gratuitos em áreas como direito, literatura, história, estatística e programação. As aulas são ministradas em inglês e também é possível adquirir o certificado no final.

10- A plataforma Udemy liberou cursos de tecnologia da informação e outros conteúdos da área de programação e tecnologia.