Secovi Rio marca presença na Expo Síndico com dados estatísticos exclusivos

  • Por Secovi Rio -


No Rio de Janeiro há cerca de 870 mil imóveis , entre residenciais, mistos e comerciais, onde circulam e moram 2,6 milhões de pessoas. Isso mostra um setor que pode ser considerado termômetro para a economia. Segundo pesquisa do Secovi Rio, são R$ 8,3 bilhões no total de taxa condominial arrecadada por ano; R$ 5,7 bilhões em salários e encargos sociais ao ano, com a geração de 116 mil empregos diretos; além de R$ 1,5 bilhão em tarifas públicas ao ano. De 2012 a 2019, a variação da taxa condominial foi de 63,5% e 53% desse gasto é com funcionários.

 Os expressivos indicadores que ratificam a importância do segmento foram apresentados na Expo Síndico na manhã desta terça-feira, 29 de outubro, por Maurício Eiras, coordenador estatístico do Centro de Pesquisa e Análise da Informação do Secovi Rio (Cepai). Na palestra, ele ainda falou sobre o aumento de síndicos vinculados às administradoras. A zona sul, detentora de 30% dos 30 mil condomínios existentes no Rio de Janeiro, tem 77% dos imóveis sob gestão de administradoras. Já a zona norte, com 44% do total de condomínios na cidade, tem apenas 30% funcionando com auxílio das administradoras.

Outro assunto também abordado no painel foi a importância desses gestores buscarem capacitação, pois somente assim poderão entregar uma administração condominial de responsabilidade e qualidade. Portanto, visando contribuir com um mercado imobiliário cada vez mais profissional, a UniSecovi Rio, universidade corporativa do Sindicato da Habitação, oferece regularmente formação em Administração de Condomínios. A próxima turma já está com as inscrições abertas e as aulas se iniciam dia 4 de novembro. Mais informações aqui.

E para saber mais sobre as pesquisas realizadas pelo Cepai, clique aqui.