Secovi Rio apresenta projeto de segurança para o Centro

  • Por Secovi Rio -


Projeto Luz Azul é fruto de convênio com empresa de tecnologia Venses e terá ação conjunta com a polícia

A insegurança urbana não dá trégua. O aumento dos índices de criminalidade no Rio é reflexo direto da crise no Estado e do caos na segurança pública. Diante desse cenário, empresários, comerciantes, associações e entidades de classe têm arregaçado as mangas e encabeçado projetos para contribuir com o trabalho da polícia em diversos bairros. E o Secovi Rio acaba de entrar nesta empreitada com a criação do Luz Azul que prevê a instalação de câmeras de vigilância em edifícios do Centro identificadas com uma luz na cor azul –, a ser lançado em 29 de maio. A iniciativa é resultado de um convênio com a empresa carioca Venses, especializada em fornecimento de sistemas de vigilância em vídeo com base na nuvem.

Com projeto-piloto no Centro da cidade, o Luz Azul tem como objetivo promover uma maior sensação de segurança na região, por meio da instalação, nas fachadas de edifícios comerciais e residenciais, de câmeras ultramodernas voltadas para a rua, cujas imagens em alta definição ficarão armazenadas na nuvem e compartilhadas, em tempo real, com a polícia. O acompanhamento das imagens pela polícia poderá auxiliar em possíveis investigações, registros de ocorrências e melhora da sensação de segurança.

Os condomínios que aderirem deverão arcar com os custos das câmeras e do armazenamento das imagens. Os primeiros a participar são os Edifícios Linneo de Paula Machado, Rodolpho De Paoli e Avenida Central – três dos prédios empresariais mais importantes do Centro. A ideia é que outros edifícios, empresas e lojas façam parte dessa ação conjunta, encabeçada pelo Secovi Rio e pela Venses em parceira com a polícia. A excpectativa é de que com o aumento no número de câmeras integradas ao Luz Azul, a abrangência do monitoramento seja cada vez maior.

− O projeto Luz Azul é uma contribuição do Secovi Rio para a sociedade. Quando você melhora a sensação de segurança na cidade, você também colabora para o desenvolvimento do comércio, valorização dos imóveis e aumento do turismo. Há décadas preparamos a segurança interna dos condomínios, através de palestras e cartilhas, agora é hora de pensar na segurança externa –, explica Pedro Wähmann, presidente do Secovi Rio.

Inspiração

A iniciativa Luz Azul teve como inspiração o projeto Green Light, da cidade de Detroit, uma das três cidades mais perigosas dos Estados Unidos. Após observar um aumento no índice de assaltos em postos de combustíveis, em janeiro de 2016, o Departamento de Polícia da cidade, em parceira com oito postos, instalou câmeras internas e externas de alta resolução, que transmitiam as imagens em tempo real para a polícia. Cada posto recebeu uma sinalização verde, que indicava que o estabelecimento fazia parte do programa. Com isso, os negócios prosperaram, ocorreu uma revitalização na região e uma melhora significativa na segurança.