Mercado imobiliário de Portugal procura clientes no Brasil para oferecer imóveis de alto luxo

  • Por Secovi Rio -


Empresários do ramo imobiliário de Portugal estão de olho no Brasil. E eles desembarcam aqui em busca de clientes de alto poder aquisitivo. É o caso do grupo Belas Clube de Campo, empreendimento de maior sucesso e pioneiro entre os brasileiros nas terras do poeta Fernando Pessoa, que faz um ‘roadshow’ (reunião itinerante com investidores) pelo país ibérico, a exemplo do que ocorreu no Rio, nos dias 8 e 9.

Bons argumentos não faltam aos líderes do grupo, os cariocas André e Gilberto Jordan. Só de 2016 para 2017, segundo a União Europeia, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF, que emite títulos de residência a estrangeiros) concedeu quatro mil novas autorizações residenciais a nascidos no Brasil. Atualmente, 85.426 brasileiros moram em terras portuguesas, formando a maior comunidade estrangeira lá.

Os interessados em migrar para Portugal recebem apoio jurídico e financeiro. Conforme a Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP), em Lisboa, os brasileiros já são responsáveis por 27% das compras de imóveis, o maior índice entre estrangeiros.

“Portugal oferece segurança, qualidade de vida, moeda forte (Euro), língua comum, relação histórica entre os países, boa educação e saúde, e é porta de entrada para a Europa. Regimes fiscais facilitam a obtenção de vistos de residência”, enumera Gilberto.

Novos módulos do Belas Clube, como o Lisbon Green Valley, estão sendo ofertados. “Atualmente, no Lisbon Green Valley, 45% de suas unidades já são de brasileiros”, completa André.

O engenheiro aposentado João Alcântara Cruz, de 59 anos, estuda a aquisição de uma unidade. “Os imóveis ficam entre a cidade e o campo. São perfeitos”, elogia, ressaltando que a filha, Margareth, 23, está estudando em Portugal. “Nos cansamos da violência. Vamos morar todos lá”, adianta, ao lado da esposa, Cecília, 55. Os detalhes do empreendimentos estão em www. belasclubedecampo.pt.

O grupo também se prepara para vender mais 16 apartamentos (1 a 3 dormitórios), 15 ‘townhouses’ (de 4 dormitórios) e um conjunto de 8 ‘townhouses’ (de 3 dormitórios), além de terrenos (1.000 m²). Os valores podem chegar a 1,2 milhão de euros (R$ 5,3 milhões).

Com 31 famílias brasileiras, o Belas Clube, no Parque Florestal da Serra da Carregueira, se destaca pela valorização ao meio ambiente e diversão (incluindo um dos melhores campos de golfe do país), a 15 minutos do Centro de Lisboa.

Outra aposta do grupo é conceito ‘chave na mão’, com casas prontas, mobiliadas, equipadas com eletrodomésticos e eletroeletrônicos. As unidades destacam-se pelas premiadas eficiência energética e sustentabilidade, com diversos prêmios na Europa.

A jornalista carioca Vanessa Asturiano, abandonou o emprego em uma TV e se mudou para Lisboa, onde criou o blog trippertalks.wordpress.com. “Me tornei empreendedora, com experiência em processos imobiliários, dando dicas também de costumes, hábitos, curiosidades e riquezas de Portugal”, conta.

Fonte: O Dia, 14/10