Conheça o trabalho da CBCSI e sua importância para o setor da habitação

  • Por Secovi Rio -


 

As atividades de comércio e serviços imobiliários movimentam uma importante parcela da economia brasileira e exigem expressiva atenção por conta de seus relevantes aspectos sociais. Por isso a importância de haver um colegiado de âmbito nacional que debata sobre os principais assuntos de interesse do setor, como é a Câmara Brasileira de Comércio e Serviços Imobiliários. Também chamada de CBCSI, ela é a câmara de comércio da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo – CNC – e reúne empresários e especialistas do ramo, além de representar cerca de 74 mil imobiliárias e administradoras de imóveis, 170 mil condomínios que geram mais de 800 mil empregos diretos em nosso país.

A CBCSI é constituída por presidentes e diretores de sindicatos da habitação e de associações civis de destaque na vida empresarial de todo o Brasil, como o Secovi Rio.

“Tratamos de habitação. Habitação traz sempre um forte apelo social e muito mais que isso uma forte regulação federal, tanto da área dos legislativos, como do executivo. A área de representação dos Secovis abrange as administradoras de imóveis, tanto com fins de locação, como de administração condominial, as imobiliárias que praticam as operações de compra e venda, as incorporadoras, abrangemos os loteadores, que produzem lotes para as construções ao longo de todo o Brasil, e os próprios condomínios edilícios. Então, qual é a missão da Câmara? Nos reunirmos para discutir quais são essas proposições que possam vir a interferir no nosso setor, estudarmos que tipo de solução encaminharmos ao governo federal e ao legislativo, e especialmente estar presente sempre que necessário em Brasília ou nas câmaras estaduais, para ser a interface de discussão entre esse setor que a gente representa e os governos e o poder legislativo”, afirma Pedro Wähmann, presidente do Secovi Rio.

A vasta gama de temas tratados na CBCSI faz com que a análise dessas questões aconteça através de subcoordenações setoriais. São elas: locação, condomínios, comercialização, incorporações, desenvolvimento urbano, indicadores e pesquisa, política, e Programa de Arrendamento Mercantil (PAR) junto à Caixa Econômica Federal. Com a CBCSI, a CNC atua para fortalecer a posição de setor de comércio e serviços imobiliários como vetor de crescimento econômico e bem-estar social no Brasil.

“Nosso intuito é conduzir a discussão de uma maneira que fortaleça o ambiente de negócio das empresas e do setor que nós representamos. Buscar uma contribuição efetiva para os problemas habitacionais do Brasil”, acrescenta o presidente do Sindicato da Habitação do Rio de Janeiro.

Veja no vídeo abaixo as principais ações da CNC.