Caixa reduz juros para casa própria

  • Por Secovi Rio -


Para reconquistar mercado, a Caixa Econômica Federal reduziu juros e aumentou o limite de financiamento de imóveis usados. Para quem é cliente do banco, a taxa para empréstimos com recursos da poupança caiu de 10,25% para 9% ao ano. Trata-se da primeira redução desde 2016. No crédito para compra de imóveis mais caros, com recursos do Sistema Financeiro Imobiliário (SFI), o percentual passou de 11,25% para 10% ao ano, mas a taxa ainda é maior do que a de concorrentes do setor privado. O banco também elevou o teto do financiamento de imóveis usados de 50% para 70%. Para analistas, medida deve estimular economia.

Em busca de novos clientes e de aumento das receitas com tarifas para recuperar mercado, a Caixa Econômica Federal reduziu ontem os juros dos financiamentos da casa própria em 1,25 ponto percentual e elevou o limite do financiamento de imóveis usados de 50% para 70%. Para quem é cliente do banco, a taxa caiu de 10,25% para 9% ao ano nos empréstimos com recursos da poupança – feitos dentro do Sistema Financeiro da Habitação (SFH), destinado a imóveis de até R$ 950 mil em Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Distrito Federal. No restante do país, o teto para essa modalidade de crédito é de R$ 800 mil. Para quem não tem relacionamento com a instituição, o percentual ficou em 10,25% ao ano.

(Fonte: O Globo, Geralda Doca)