Caixa libera mais de R$ 8,7 bilhões para o crédito imobiliário

  • Por Secovi Rio -


A Caixa Econômica Federal anunciou a liberação suplementar de mais de R$ 8,7 bilhões para o crédito imobiliário. Os recursos são do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Com essa verba adicional, a Caixa diz que terá recursos suficientes para normalizar o ritmo de contratações do Programa Minha Casa, Minha Vida para famílias com renda familiar bruta mensal de até R$ 4 mil.

Em nota, a Caixa informou também que os contratos que seriam finalizados pelas agências antes das novas medidas de redução das cotas, cujo percentual de financiamento poderia atingir até 80%, terão as condições mantidas e prorrogadas até o fim deste mês. Havia queixas de clientes de que os contratos de crédito habitacional, mesmo com carta de financiamento aprovada, estavam parados por falta de recursos.

Na nota, a Caixa informa que serão renovadas automaticamente até o final do ano as avaliações dos imóveis em garantia ao crédito de pessoa física que tiveram validade expirada no período de transição. Em setembro, a Caixa reduziu para 50% do valor do imóvel o limite máximo de financiamento.

O banco informou que adotou a estratégia de execução mensal do orçamento para todas linhas de crédito imobiliário, com objetivo de cumprir o orçamento anual disponível até dezembro. As condições de contratações de imóveis novos não sofreram alterações, permanecendo as cotas de financiamento de até 80%.

A Caixa emprestou mais de R$ 72,4 bilhões até o momento em todas suas modalidades de crédito imobiliário e espera que a contratação de crédito imobiliário este ano seja cerca de 20% maior que no mesmo período de 2016.

(O Dia)