Notícias do Setor

Condomínios estão preparados para a emissão de boletos registrados

O boleto registrado obrigatório, anunciado pela Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) em junho de 2015, entra finalmente em vigor em julho. Para os condomínios, a decisão vai exigir mudanças: o recibo de cobrança da cota condominial (ou seja, o boleto) só poderá ser emitido com a identificação do CPF ou CNPJ do condômino. Como eles estão se preparando para isso?

De acordo com enquete realizada no site do Secovi Rio de março a junho, a maior parte dos condomínios está preparada: 38% dos respondentes já levantaram todas as informações necessárias e 14% precisam apenas acertar alguns detalhes. Apenas 21% não estão a par do passo a passo para a emissão. Participaram da enquete 251 pessoas. 

Apesar de a decisão significar um aumento imediato no custo de emissão de boletos, as medidas trarão impactos positivos para os consumidores, entre elas a possibilidade de pagar os boletos em qualquer banco após o vencimento. 

Para quem emite as cobranças, o boleto registrado vai gerar, por exemplo, redução das fraudes, maior agilidade para campanhas de cobrança e o fim da necessidade da 2ª via do boleto.

Quer saber mais sobre o pagamento de boletos atrasados a partir de julho? Veja notícia publicada em fevereiro no portal do Secovi Rio.

Não deixe de participar da nossa nova enquete!

Revista Secovi Rio

Edição 106

Edição 106

Enquete

Você faria um curso de extensão para formação de síndicos na parte da manhã (de segunda-feira à quarta-feira, de 9h30 às 12h20, durante quatro meses?




×

Envie por email

Carregando...

×
×

Resultados da enquete

Carregando...